sábado, 25 de abril de 2009

Sei não, sabe?

Sim...

Sei... a vontade de fugir para não se sabe onde, porque onde se está parece não fazer parte de nós...
Sei...
Vontade de voltar... não sei se para a infância, para o útero, ou para... - talvez - o Pai...
Sei...
Sim...
Vontade de chorar, lágrimas latentes que clamam para ser jogadas para fora. Quem sabe elas irriguem um pouco do coração, e tornem a terra menos árida...
Sei, sim. Aquela coisa inexplicável, que ninguém entende, mas quem já sentiu sabe...

Olha, pode parecer loucura, mas...

sabe?

Nenhum comentário:

Postagens relacionadas:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...