segunda-feira, 25 de maio de 2009

Palavras soltas

Vou escrever neste blog – que tem tudo a ver comigo. Nem o blog é lido, nem eu sou ouvido. Sinto tantos pensamentos latentes em meu coração, mas nem meus lábios conseguem convertê-los em palavras, nem há ouvidos disponíveis a tentar compreendê-los. E assim, meus pensamentos ficam aprisionados nas camadas mais profundas do meu coração. De tal forma que, às vezes, nem eu mesmo me compreendo.
Um pedaço de mim falta para me completar. Estou repleto de um vazio que me torna um nada diante de mim. Quero entender os porquês dos prantos contidos, dos sorrisos abortados, do enfado eterno, da dor incessante...
Quero entender porque nada entendo. Quero olhar para dentro de mim e encontrar um motivo para ir em frente.
Que nada! Isso é besteira…

Nenhum comentário:

Postagens relacionadas:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...