quinta-feira, 3 de julho de 2014

A menina dos meu olhos

A menina dos meus olhos
É uma flor a dança tango,
É o frio da Rússia,
É o plasma do meu sangue.

É a companhia da Evelin,
A genialidade de Sabryna,
A timidez de Lais,
O sorriso de Luana.

As poesias de Jenerson,
A sinceridade de Everaldo,
A filosofia louca de Mohandas,
A lealdade de Aldair.

A menina dos meus olhos
É o barro de Vitalino,
As pinturas de Da Vinci,
O amor de Romeu,
A paixão de Julieta.

E todos que não entraram no poema
Não fiquem tristes,
Pois meu coração já é o poema
E todos na minha vida
Fazem parte da menina dos meus olhos.

Flavio Levi

Nenhum comentário:

Postagens relacionadas:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...