quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Tou doidim

Chega fico zuruó
Quando óio pra você,
Gostosa ingual manga rosa,
Chêrosa feito um buquê.

Muié, a tua cintura
É do jeito dum pilão,
As coxa são vê um toco,
Cada peito é um mamão.

O prefume do teu corpo
Eu guardo no meu nariz,
E quase que babo óiano
O mexer dos teu quadris.

Na hora que você fala,
Chega fico arrepiado...
Doido pra fazer aquilo
Que o padre diz que é pecado.

Eu, mesmo assim, meio broco,
Fico sempre te óiano...
Tu parece atriz de firme
Do çunema americano!


Oh, menina, eu tou doidim
Pra endoidecer com tu.
Fica cumigo forever,
Mim ame, que I Love you!


Jénerson Alves, 02.10.2014

Nenhum comentário:

Postagens relacionadas:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...