domingo, 15 de março de 2015

Em trevas

Às vezes, nos sentimos envoltos em densas trevas, sem a mínima condição de enxergar um palmo à nossa frente. Estamos sentados à beira do caminho, ouvindo barulhos e sussurros que nem sempre compreendemos. Somos ignorados por uma multidão que passa apressadamente.
Nessas situações, cabe a nós agir como o cego Bartimeu. Ao perceber que Jesus passava, ele tão-somente pôs-se a gritar: "Filho de Davi, tem misericórdia de mim!".
Bartimeu sabia que Jesus é a Fonte da Luz, que clareia o caminho de nossa existência. Com possibilidade de enxergar, podemos percorrer a estrada, ao invés de ficarmos sentados. Conseguimos uma compreensão além dos barulhos e sussurros que nos circundam. Não nos preocupamos mais com a multidão. Preferimos o Caminho Estreito, no qual o Rei está conosco.

(Jénerson Alves)

Nenhum comentário:

Postagens relacionadas:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...