sexta-feira, 30 de março de 2018

A PÁSCOA DE CRISTO



O momento da Páscoa representa a base da fé cristã. A centralidade da mensagem do Cristianismo não está em um conjunto de práticas, mas em uma Pessoa - a saber, Jesus Cristo.

Vemos na Bíblia que Deus criou todas as coisas e, em seguida, deu ao ser humano a responsabilidade de cuidar do planeta Terra, refletindo nela o caráter divino. Após a criação, o ser humano entrou em estado de rebelião contra a Trindade, no episódio narrado no Gênesis como "a queda". A partir de então, o ser humano perdeu a consciência de responsabilidade para com o planeta, adotando um estilo de vida diferente do que foi orientado pelo Criador. Assim, onde deveria reinar harmonia passou a existir ódio, ganância e todo tipo de maldade.

Para retirar o ser humano deste estado de rebelião,  foi preciso que Jesus Cristo - que é Um em essência com o Pai - se esvaziasse de si mesmo e adotasse a forma humana. A Sua condenação à cruz foi substitutiva. Ele morreu em nosso lugar, pagando o preço do castigo que era devido àqueles que entraram em rebelião contra a Trindade.  Este gesto foi bem descrito por Luís de Camões: "O sumo Deus! Tu mesmo te condenas / pelo mal em que eu só sou tão culpado".

Assim, Ele resgatou o ser humano do pecado e, todos os quantos O receberem terão o benefício de serem feitos "filhos de Deus" - isto é, de refletirem o caráter de amor do Pai.
Que neste dia - e em todos os outros - possamos pensar no caráter de Jesus, na pessoa dEle, atentar para o Seu estilo de vida e seguir os Seus conselhos. Ele é o único capaz de dar sentido à vida.

Jénerson Alves

domingo, 10 de dezembro de 2017

Cordel - Trump e Israel

Autor: Jénerson Alves


O dia seis de dezembro
Tem registro no papel
Pois o presidente Trump
De modo muito fiel
Disse que Jerusalém
É capital de Israel.

Na campanha eleitoral
Ele anunciava já
Que iria agir assim
Do jeito que agindo está
E vai mudar a embaixada
De Tel Aviv pra lá.

No ano 95
O congresso americano
Criou a Lei da Embaixada
Que já trazia este plano,
Mas Clinton, Bush e Obama
Protelavam a cada ano.

Mais de duzentos rabinos
Foram gratos totalmente,
Dizendo que esta ação
Foi correta e eloquente,
Benjamin Netanyahu
Aplaudiu o presidente.

Dizem que Donald Trump
Com o rei Ciro é parecido,
Estabelecendo as bases
Do reino estabelecido
E o terceiro templo mais
Perto de ser construído.

Por parte da Palestina,
Tem ira, fúrias e ais,
Protestam com violência
O Fatah e o Hamas,
Estão promovendo a guerra,
Mas dizem que querem a paz.







segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Pernambuco: Pedestal do Nordeste



Jénerson Alves

Pernambuco, uma terra de fartura,
Vai crescendo com vastos compromissos.
Desenvolve os setores de serviços,
A indústria, o comércio, agricultura...
Nosso povo possui tanta bravura
Que o símbolo da gente é um leão,
Sob o sol reluzente no brasão:
Espetáculo de glórias e grandezas!
Pernambuco é um centro de riquezas,
Pedestal do Nordeste e da nação.

Munguzá, tapioca, mais beiju,
São exemplos da nossa culinária.
Carnaval tem no frevo indumentária,
Mais caipora, careta, papangu...
Se você visitou Caruaru,
Conheceu o mais célebre São João.
Todos outros estados belos são,
Mas o nosso tem muito mais belezas!
Pernambuco é um centro de riquezas,
Pedestal do Nordeste e da nação.

Sairé tem laranjas sem ter fim,
Queijo bom com bom leite em Sanharó,
Vê-se ecoturismo em Bodocó,
Agrestina mantém o alfenim.
São José, mais Tabira e Itapetim
Formam o berço poético do Sertão,
Que se a seca castiga e racha o chão,
Mas os versos produzem correntezas,
Pernambuco é um centro de riquezas,
Pedestal do Nordeste e da nação.


Meu Estado, são tantos teus valores,
Que me inspiram com glórias e princípios.
Cento e oitenta e quatro municípios,
Todos dignos de louros e louvores.
Teus artistas, teus mestres, teus cantores,
Tua gente de sangue e coração...
Alquimia de etérea vibração
Convertendo em sorrisos mil tristezas...
Pernambuco é um centro de riquezas,
Pedestal do Nordeste e da nação.

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Sina de Poeta

Jénerson Alves

Poeta, não sonhe tanto...
Não terás teu paraíso!
Não te iludas, pois teu riso
Não ocultará teu pranto.

Permanecerás sem manto,
Sem afago, sem sorriso...
Velho, fraco, triste e liso,
Esquecido em um recanto...

Tu não terás os presentes
Dos doces sonhos latentes
De ouro, prata nem rubi...

Poeta, tu vais chorar,
Sem ninguém pra consolar
A tristeza que há em ti!


(Poema classificado para coletânea da Editora Vivara, em 2012)

Postagens relacionadas:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...